#brainblog

           Habilidades inovadoras do futuro

Tempo de leitura:
imagem com olhar digital que mostra uma solução de habilidades do futuro
           

O mundo já vivia uma grande revolução diante da transformação digital, com a chegada e popularização de uma série de tecnologia. Nesse contexto, já se falava em como o futuro do trabalho também seria transformado e, dessa forma, como seria fundamental para os profissionais desenvolverem habilidades inovadoras.

Isso apenas se intensificou com a pandemia de 2020. Não apenas mergulhamos no ambiente digital com videoconferências ou soluções de digitalização de empresas, mas também passamos a buscar e valorizar ainda mais habilidades que serão cada vez mais valorizadas pelo mercado de trabalho.

E não pense você que apenas aspectos técnicos e digitais serão importantes a partir de agora. Assim, habilidades socioemocionais são tão importantes quanto as capacidades técnicas e, de acordo com o contexto, podem ser ainda mais fundamentais para quem deseja se destacar.

Dessa forma, veja algumas das habilidades inovadoras do futuro e como desenvolvê-las!

 

Por que se preocupar com habilidades inovadoras

Recentemente, o Fórum Econômico Mundial publicou o seu famoso relatório “O Futuro do Trabalho”, no qual afirma que a pandemia acelerou a implantação de novas tecnologias e mudanças. Além disso, o estudo evidencia a alta digitalização do mercado, o que demanda por habilidades inovadoras tanto para lidar com as novas tecnologias quanto para agregar diferenciais às empresas.

Dessa forma, para se destacar no mercado, é muito importante aprimorar e, principalmente, desenvolver novas habilidades e competências. É o que vai diferenciar muitos profissionais dentro de uma série de áreas que estão passando por suas revoluções tecnológicas que foram, por sua vez, intensificadas após a pandemia.

Quais são essas habilidades?

O Fórum Econômico Mundial também traz as habilidades profissionais que estarão em alta no mercado de trabalho até 2025. Assim, é importante notar que muitas delas têm forte relação com o conceito de soft skills, fortemente baseado em competências emocionais.

Veja a lista:

  • Pensamento analítico e inovação;
  • Aprendizagem ativa e estratégias de aprendizado;
  • Resolução de problemas;
  • Pensamento crítico;
  • Criatividade;
  • Liderança;
  • Uso, monitoramento e controle de tecnologias;
  • Programação;
  • Resiliência, tolerância ao estresse e flexibilidade;
  • Raciocínio lógico;
  • Inteligência emocional;
  • Experiência do usuário;
  • Ser orientado a servir o cliente (foco no cliente);
  • Análise e avaliação de sistemas;
  • Persuasão e negociação.

Assim, muitas das habilidades, como pensamento analítico, controle de tecnologias, programação, raciocínio lógico, experiência do usuário e análise de sistemas têm forte relação com inovações tecnológicas. Isso porque essas competências são essenciais para áreas como machine learning, inteligência artificial, big data, cloud computing e muitas outras que estão em alta e cada vez mais demandando profissionais qualificados.

Ao mesmo tempo, na lista também temos habilidades que não estão, a princípio, ligadas ao mercado tecnológico, mas que são fundamentais quando pensamos em inovação. Criatividade, aprendizagem ativa, pensamento crítico, flexibilidade, persuasão e negociação são alguns exemplos de competências cada vez mais buscadas pelas empresas. 

Por isso, o ideal é sempre equilibrar conhecimentos técnicos e habilidades emocionais. Afinal, os profissionais precisam de ambos em um mundo cada vez mais dinâmico e digital como o que estamos vivendo e, principalmente, em um futuro pós-pandemia.

Dessa forma, a consultoria McKinsey & Company também destacou 3 habilidades indispensáveis para o mercado de trabalho, que dialogam com as que listamos acima. Assista ao vídeo e veja mais:

As profissões do futuro

Entre algumas das profissões geralmente destacadas como promissoras, sempre aparecem cientistas de dados, especialistas em Big Data, desenvolvedores de software, programadores e especialistas em áreas de IA, machine learning, Internet das Coisas, entre outras. Essas e outras carreiras demandam, cada vez mais, habilidades inovadoras alinhadas ao conceito de hard e soft skills. 

Para você conhecer mais habilidades inovadoras e profissões do futuro, assista ao webinar “Carreiras promissoras para 2021”, que vai abordar os desafios e oportunidades do futuro. Faça já a sua inscrição!

Compartilhe
   
REDAÇÃO BRAIN

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x