#brainblog

           Pix: uma nova tendência nas transações digitais

Data: 03 dezembro 2020 | Categoria: Digital
imagem de uma mão com um tablet que representa uma solução de pix
           

Uma inovação que promete transformar a maneira como nos relacionamos com dinheiro é o famoso Pix. Mais pessoas se interessam por esse recurso, que é uma alternativa que promete várias melhorias quando falamos em pagamentos.

Afinal, essa tecnologia está alinhada às práticas e tendências que a transformação digital traz a cada ano. Além disso, as pessoas e empresas podem aproveitar as vantagens do Pix, como também precisarão conhecer bastante a ferramenta. Esse recurso, por sua vez, promete ser cada vez mais popular.

Por isso, não perca as oportunidades dessa ferramenta e conheça os motivos que levam o Pix a ser uma nova tendência nas transações digitais!

O que é Pix?

O Pix é um meio de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central do Brasil. Esse recurso passou a funcionar de fato para o público em geral desde o dia 16 de novembro de 2020.

Vale lembrar que o Pix não é um aplicativo, nem uma conta, nem um banco. O Pix é um meio de pagamento disponível para pessoas e empresas que tenham conta-corrente, conta poupança ou mesmo conta de pagamento pré-pago em centenas de instituições financeiras.

Ou seja: para acessar o Pix, basta acessar o aplicativo do seu banco, por exemplo. Esse meio de pagamento estará disponível assim como outros recursos para transações financeiras, como transferências por DOC ou TED. Porém, com várias diferenças e vantagens!

Veja no vídeo abaixo o que é o Pix e, em seguida, veja como ele afeta empresas.

Quais as diferenças do PIX para outros métodos de pagamento?

Com o Pix, você pode cadastrar as chamadas Chaves Pix, que são informações específicas de uma conta que permitem transferir recursos. Podem ser chaves do Pix, para cada conta, uma das seguintes informações:

  • CPF/CNPJ;
  • E-mail;
  • Número de telefone celular; ou
  • Chave aleatória.

Logo, a partir de uma dessas chaves, você pode transferir dinheiro para a conta de alguém. Se para fazer um DOC/TED você precisava de dados como número de agência, conta-corrente, CPF e outros, com o Pix você pode pedir só o celular de alguém para mandar recursos, se esta for a chave da pessoa.

Além disso, o Pix funciona 24 horas, 7 dias por semana, entre qualquer instituição e sem taxas. Não precisa esperar o próximo dia útil para receber dinheiro na conta, nem pagar taxa de transferência, por exemplo. O dinheiro cai na hora e você já pode usar esse recurso.

Ao mesmo tempo, no Pix você não precisa usar maquininha de cartão de débito nem boleto: tudo acontece pelo celular, seja por QR Code, seja por transferência a partir das chaves Pix. Em vez de mandar boletos para o e-mail dos clientes, você pode enviar um QR Code para o seu consumidor fazer a leitura e te pagar no mesmo instante.

Por fim, o Pix não tem valor mínimo ou máximo. Você não vai mais precisar sacar determinado valor em dinheiro só porque o caixa eletrônico não permite mais do que isso, nem precisar mudar de DOC para TED porque o valor é além do permitido.

Quais vantagens o PIX traz?

Esse sistema de pagamentos promete trazer uma série de benefícios:

  • Rapidez nas transações;
  • Facilidade nas transferências;
  • Mais disponibilidade;
  • Economia;
  • Integração com sistemas;
  • Versatilidade de uso.

Quem recebe com o Pix obtém os recursos na hora. Além disso, as empresas não pagam taxas que outros meios de pagamento acabam trazendo, como cartões ou transferências via DOC/TED. O Pix também não faz com que você precise de dinheiro vivo e muito menos de troco. Por fim, o público usuário do Pix será cada vez maior, afinal é um jeito fácil, rápido, barato e eficiente de fazer transações digitais.

Como o PIX afeta empresas?

O próprio Banco Central indica que o Pix vai deixar os meios de pagamento ainda mais eletrônicos e, por isso, reduzir o uso de cédulas. Ao mesmo tempo, ele estimula a competição entre meios de pagamento e a criação de empresas como fintechs. Por fim, o Pix traz mais rapidez, segurança e praticidade para quem utiliza.

Dessa forma, as empresas precisam ficar atentas ao Pix e aproveitar todas essas vantagens para impulsionar vendas e transações digitais, seja com clientes, seja com fornecedores e outros parceiros. Pois quem não aproveitar o Pix, pode sair atrás da concorrência e perder boas oportunidades de ganhos.

Para aprender ainda mais sobre esse assunto, veja o nosso conteúdo especial sobre pagamentos digitais

Compartilhe
   
REDAÇÃO BRAIN

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x