#brainblog

           3 tendências de inovação que moldarão o futuro das pessoas

Data: 06 outubro 2021 | Categoria: Inovação
Imagem de uma face computadorizada, representando as tendências de inovação e as pessoas.
           

Muitas tendências de inovação dos últimos anos foram aceleradas pela pandemia, período em que uma série de recursos tecnológicos se tornaram mais populares. Isso não apenas permitiu a implantação de novas tecnologias atualmente, como também abriu espaço para que outras inovações sejam criadas e, dessa forma, façam parte do nosso futuro.

Muitas das inovações tecnológicas visam solucionar problemas antigos da sociedade. Ao mesmo tempo, elas também se voltam para desafios futuros. Logo, o desenvolvimento de algumas dessas soluções é feito no presente para serem implantadas em médio e longo prazo.

Por isso, acompanhar as tendências significa estar por dentro do que acontece hoje e, também, não se surpreender com novidades futuras. Disrupções já são requisitadas no mercado de trabalho: as habilidades inovadoras do futuro já fazem a diferença em empresas e, claro, para profissionais. Não seria diferente em níveis organizacionais e especialmente para startups. São diversas tendências que serão requisitos para quem deseja crescer em um mundo com transformações cada vez mais constantes e intensas.

Tendências de inovação para novas necessidades

Solucionar antigos desafios do mundo sempre foi um conceito relacionado à inovação. Afinal, por meio dela é possível pensar em novas formas de resolver problemas que, por vias tradicionais, não eram solucionados da maneira que se esperava.

Ao mesmo tempo, novas necessidades e desafios surgem com o passar dos anos, e também para eles a inovação pode indicar alternativas para transformar a realidade. A pandemia, por exemplo, tem sido um momento histórico que trouxe uma infinidade de impactos no mundo todo. 

Para atravessar esse momento, uma saída foi a digitalização e transformação digital. Foi possível perceber que a tecnologia alterou, por exemplo, a forma de consumo, com o crescimento das compras por comércio eletrônico e consumo de conteúdo por streaming.

Ao mesmo tempo em que novos desafios surgiram, a sociedade também passou a se preocupar mais com questões que, há décadas, demandam novas soluções e possibilidades. A agenda ambiental e de sustentabilidade é um exemplo: o tema ganhou cada vez mais relevância nos últimos anos. Além disso, outras tendências também prometem revolucionar a atuação de startups e empresas em um futuro próximo.

3 tendências de inovação para os próximos anos

Trabalho e gestão remotos

O trabalho remoto chegou para ficar. Essa tendência já estava em prática antes mesmo da pandemia, conforme a conectividade, a popularização de aplicativos de trabalho e o aprimoramento de gadgets se intensificou. Com o período de isolamento social, cada vez mais as ideias de home office, anywhere office e modelos híbridos ganham força.

Com isso, surgem desafios relacionados à produtividade, que muitas vezes pode ser impactada no modelo de trabalho remoto. Algumas alternativas são os métodos ágeis, que auxiliam com dinâmicas entre equipes e, também, na gestão à distância.

Segurança cibernética e gestão de dados

A preocupação com a segurança e gestão de dados cibernéticos também era uma tendência de anos atrás que continua atual. Isso porque a pandemia triplicou o número de ataques cibernéticos a empresas privadas em todo o mundo, segundo pesquisa da EY.

Por isso, a segurança da informação continua a ser uma preocupação e o uso de inovações e tecnologias nesse campo é bem-vindo. O mesmo vale para big data e analytics, conceitos essenciais para empresas que desejam usar e gerir dados a seu favor.

Agenda ESG e sustentabilidade

A preocupação com o meio ambiente, sustentabilidade e outros aspectos relacionados ao equilíbrio entre inovação, crescimento e conservação do planeta é cada vez maior. Não é à toa que a agenda ESG (do inglês environmental, social and governance, que se refere às práticas ambientais, sociais e de governança) é uma boa prática que funciona para atrair investidores, fazer frente à concorrência e mesmo contribuir para atração e retenção de talentos.

As empresas têm percebido que é possível crescer e inovar ao mesmo tempo em que se busca a redução de impactos ambientais e, também, aumenta a geração de valor e impacto social. A pandemia apenas evidenciou isso, destacando que a solidariedade e a sustentabilidade são essenciais para o desenvolvimento humano.

Conexões, pessoas e inovação

Além da conectividade, a conexão com as pessoas continua essencial para promover inovação. As pessoas são peça-chave para companhias que desejam pensar em soluções disruptivas. A colaboração é fundamental e ela deve ser cada vez mais estimulada, não importa se o trabalho acontece no ambiente virtual ou físico.

Além disso, é importante pensar na composição do time e do capital humano para promover ainda mais inovação. Falar em diversidade e inclusão também é falar em desenvolvimento, pois as companhias diversas têm desempenho melhor. Isso mostra que também é preciso ficar de olho no aspecto humano da inovação, que é tão importante quanto a tecnologia.

Para saber ainda mais sobre tendências de inovação, tecnologia e como tudo isso se relaciona com soluções para novas e antigas necessidades, participe do Brain Innovation Summit. Realização do Brain, a experiência online abordará conceitos como ESG, ecossistemas de inovação e disrupções que contribuem para uma sociedade melhor no futuro. Faça agora a sua inscrição!

Compartilhe
   
REDAÇÃO BRAIN

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x